Bossa Nova in Concert

BOSSA NOVA IN CONCERT

Homenagem aos 60 anos da Bossa Nova

 

João Donato, voz

Carlos Lyra, voz

Wanda Sá, voz

Paula Morelenbaum, voz

Adriano Souza, piano

Jefferson Lescowich, baixo

Renato Massa, bateria

Jessé Sadoc, trompete

 

O show homenageia os 60 anos da Bossa Nova com os maiores clássicos do gênero cantados por grandes nomes da música brasileira. Carlos Lyra é um dos criadores desse gênero, parceiro de Vinicius de Moraes; Wanda Sá, umas das intérpretes mais importantes do movimento; João Donato é precursor da Bossa Nova; e Paula Morelenbaum durante 10 anos fez parte da banda de Tom Jobim.

No final da década de 1950, a cumplicidade entre músicos que se reuniam nas noitadas cariocas fez surgir uma das mais belas expressões musicais brasileiras, a Bossa Nova. Entre os músicos estavam João Gilberto, Tom Jobim e Vinicius de Moraes que, junto a outros compositores da época, criaram um movimento musical, dentro da MPB, derivado do samba, mas com forte influência do jazz. 

"Chega de Saudade" foi o nome escolhido para o primeiro disco da Bossa Nova, que marcou a entrada para a história do importante movimento musical. Poucos anos depois, em 1962, o Carnegie Hall, em Nova York, recebia grandes nomes da Bossa Nova para um show inesquecível, que a mostrou ao mundo e deu início a uma série de shows e regravações em todos os continentes.

No show no festival Vermelhos 2019, em Ilhabela, cada artista mostrará algumas de suas músicas e juntos cantarão algumas das canções que marcaram a Bossa Nova, como "Águas de Março", "Minha Namorada" e "O Barquinho", entre outras. Os quatro intérpretes serão acompanhados por uma banda de grande qualidade, formada por Adriano Souza (piano), Jefferson Lescowich (baixo), Renato Massa (bateria) e Jessé Sadoc (trompete).